domingo, 11 de dezembro de 2016

TAG LITERÁRIA | Feitiços de Harry Potter

Olá Oblivions
Hoje pensando o que trazer para o blog, acabei optando por uma TAG, queria trazer algo diferente... Como estou relendo a saga de Harry Potter, decidi, então, por uma tag sobre o tema e foi rodando pela internet  que encontrei essa no blog Vicio de Leitura que tem relação aos feitiços desse mundo mágico e sobre os livros que definem cada um. Então, vamos lá!

       1. Expectum Patrono: Um livro de infância relacionado com boas lembranças.

Para esse feitiço vou escolher, Um girassol na janela, de Ganymédes José. Foi o primeiro livro que eu tinha ganho e eu era apaixonada por ele, e tenho um carinho muito mais especial pelo fato dele ter sido dado a mim pela minha mãe que gostava de incentivar minha leitura, inclusive é uma história bem bonitinha, li muito ele.



       2. Experliarmus: Um livro que te pegou de surpresa.

Foi complicadíssimo decidir qual colocar aqui, porque acabo sempre me surpreendendo com diversos livros, no fim acabei optando por Capitães da Areia do Jorge Amado, porque sempre tive muito pé atrás com livros nacionais que na maioria das vezes decepciona e era o que eu esperava deste e foi aqui que "quebrei minha cara" porque na verdade é um livro excelente com uma história muito envolvente e personagens cativantes. 



       3. Priori Incantatem: O último livro que você leu.

Como já lhes disse previamente, estou relendo a saga Harry Potter, por isso minha última leitura finalizada foi Harry Potter e a Pedra Filosofal, da J.K. Rowling, e está sendo prazeroso ler os livros de novo pois já tem anos que tinha lido.



       4. Alohomora: Um livro que te apresentou um gênero que você não tinha considerado antes. 

Essa foi uma categoria que tive de pensar muito também, pela razão de que leio muito, vasculhando no meu Skoob me recordei de Unhas do Paulo Wainberg, nunca fui de ler mistério policial porque sou muito chata nesta questão, nunca me interessei neste gênero, até ter uma curiosidade por este livro, li e me apaixonei, é muito interessante, uma novidade que surpreendeu.



       5. Riddikulus: Um livro engraçado

Quando penso em livro engraçado, não posso deixar de dizer em Fiquei Com Seu Número, da Sophie Kinsella, as risadas são garantidas do início ao fim, Poppy (a personagem principal) é hilária e se mete em situações muito cômicas. LOL!!!



       6. Sonorus: Um livro que todos deveriam conhecer.

Não poderia ser outro, que não, O Diário de Zlata, da própria Zlata Filipovich, nele ela conta toda a sua história de sobrevivência na guerra, sem água, luz, comida, roupa é um livro muito emocionante que nos faz refletir sobre as injustiças do mundo, onde crianças precisam perder sua infância para ganhar a vida. E é acima de tudo um livro de superação. Quase ninguém fala, mas acho que merece destaque.



       7. Obliviate: Um livro ou spoiler que você queria ter esquecido.

Este é um livro que eu tinha muitas expectativas e que depois foram frustadas, falo de Quem é você Alasca?, do John Green. Primeiramente, uma amiga maravilhosa, tinha me indicado e logo depois me deu um spoiler gigante ¬¬' o que já tinha me destruído, então, ficou pior quando a estória não me envolveu, me decepcionando bastante. 



       8. Imperio: Um livro que você teve que ler para a escola.

Além de ter lido para a escola, ainda tive de encenar na aula, vergonha alheia. Este foi: Senhora, de José de Alencar, é um romance até interessante, com um tema tabu para aquela época no Brasil, mas a leitura é um pouco arrastada, mesmo assim é um clássico nacional.


       9. Crucio: Um livro que foi doloroso de ler.

Eu gosto de incentivar os autores nacionais novos, mas Spell - O Diário, da Lana Oliveira não tem como defender, a leitura é uma tortura, os personagens são bobos, os romances se desenvolvem em uma velocidade surpreendente, após um breve "oi" já estão dizendo que se amam, o rumo que a estória leva bera ao ridículo, fui guerreira para ir até o fim. 


       10. Avada Kedrava: Um livro que pode matar

O primeiro livro que me veio a mente, foi Harry Potter e as Relíquias da Morte, mas por ser clichê demais, achei melhor escolher Convergente, da Veronica Roth, porque "matou" as minhas expectativas, foi um tiro no meu peito, nunca esperava aquela revira volta, foi chocante e quanta lágrima derramei, só não foi mais que o dito anteriormente, mesmo assim, me destruiu.



Espero que tenham gostado, e que leiam os livros mencionados, valem a pena!

Beijos