sábado, 3 de dezembro de 2016

| Filme | A Orfã (2009)

Data de Lançamento no Brasil: 04/09/2009

Direção: Jaume Collet-Serra

Roteiro: David Leslie Johnson, Alex Mace

Elenco: Vera Farmiga, Peter Sarsgaard, Isabelle Fuhrman e mais...

Gênero: Suspense, Terror

Nacionalidade: EUA


Minha Nota:

Sinopse: Kate (Vera Farmiga) e John Coleman (Peter Sarsgaard) ficam arrasados devido a um trágico aborto. Apesar de já ter dois filhos, Daniel (Jimmy Bennett) e a surda muda Maxime (Aryana Engineer), o casal decide adotar uma criança. Durante uma visita a um orfanato, os dois se encantam pela pequena Esther (Isabelle Fuhrman) de nove anos e optam rapidamente por sua adoção. O que eles não sabiam é que estranhos acontecimentos fazem parte do histórico da menina que passa a se tornar, dia após dia, mais misteriosa. Intrigada, Kate desconfia que Esther não é quem aparenta ser, mas devido ao seu passado de alcoolismo tem dificuldades de provar sua teoria.



Que grande filme, se eu soubesse que iria me deparar com tal maravilha cinematográfica, teria assistido a muito tempo. Enfim, antes tarde do que nunca, dizem os grandes.

O filme, conta a história de um casal que depois de perder uma filha por aborto, decidem que devem adotar uma nova criança, eles já tinham dois filhos e trazem de um lar adotivo a enigmática Esther, que até então era uma garotinha adorável, só que ao decorrer da convivência com ela, a mãe Kate começa a estranhar o comportamento da menina que não é normal, sua personalidade se mostra totalmente psicopata. E é a partir disso que  a Kate se vê em uma situação onde precisa salvar sua família.



Não ouso declarar esse filme como um thriller de terror, diria que é mais suspense. Este, possui um "quê" de angustia que te deixa envolvido completamente na trama, a vontade de entrar na tela e fazer algo é agoniante. Por isso, devo ressaltar a grandiosidade dos atores, que foram incríveis, principalmente a Isabelle Fuhrman que foi brilhante no papel da Esther que na época tinha a tenra idade de 12 anos e deu um show de atuação, na verdade eu aplaudiria todas as crianças, foram sensacionais, a Aryana Engineer que interpretou uma criança surda-muda, sem palavras para ela.

Devo admitir que é um filme bem "forte", considerando que foi protagonizado por crianças, mas não deixa de ser envolvente, e posso dizer que é extremamente difícil não ficar ansioso(a) para descobrir o que há de errado com a garota. Simplesmente, sensacional!



Trailer

E vocês, já assistiram A Órfã? Quero saber a opinião de cada um!


Beijos